quinta-feira, 9 de junho de 2011

Torre de energia solar converte plástico em petróleo bruto


 
A Torre Plastikoleum é projetada para converter os resíduos plásticos de volta à cadeia da vida, na forma de petróleo bruto para que ele possa ser reutilizado. 

A Torre Plastikoleum foi projetada para converter os resíduos plásticos de volta à cadeia da vida na forma de petróleo bruto, para que eles possam ser reutilizados. A ideia principal para esta torre vem do inventor japonês Akinori Ito cuja empresa Blest Corporation vende conversores de plástico, que transformam o plástico residual em petróleo bruto. 
O aparelho projetado por Akinori Ita converte um quilo de resíduo plástico em um litro de óleo que pode ser refinado em querosene, gasolina ou diesel. Mas o único problema com este dispositivo é que ele consome muita energia para converter lixo plástico em óleo, cerca de 1 kWh para cada litro produzido. Uma vez que um litro de óleo é equivalente a 11 kWh de eletricidade, o próprio processo consome até 9% da energia que está contida no produto resultante, dando margem para um maior desenvolvimento e outras ideias sobre a torre Plastikoleum.
Para não usar energia da própria fonte, a torre usa a energia solar para converter as toneladas de lixo plástico em óleo; como uma variação da torre solar convencional. A mais recente tecnologia de energia fotovoltaica está ficando muito eficiente e é capaz de manter 15 horas de aquecimento a 500 graus Celsius. 
Esta torre adota o mesmo processo de outras tradicionais, só que em vez de usar o calor para gerar vapor, para geração de eletricidade da turbina, o calor é utilizado para criar petróleo a partir de resíduos plásticos. Enquanto a maioria das torres solares possuem tamanho em torno de 20 MW de capacidade, a Plastikoleum é avaliada em 10 MW. Com capacidade para transformar dez toneladas de plástico por hora, essas torres poderiam produzir cerca de 60 barris de petróleo. 
Neste nível de produção, o conceito poderia dar uma solução às milhões de toneladas de resíduos plásticos que são descartados a cada ano, inpedindo o final completo de seu uso e o descarte em aterros sanitários. Além disso, a tecnologia pode ajudar a educar as pessoas sobre a gestão de resíduos sólidos. 
Este tipo de torre poderia se tornar uma fonte útil de energia em locais geográficos que tem muito sol e muitos resíduos plásticos.





Redação CicloVivo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar!

Às Estrelas


The Most Astounding Fact
O Fato Mais Importante (Legendado)

PET



Medicamentos - Descarte Consciente


Google Street View - Dados cartográficos

A gigante de couro pode atingir dois metros de comprimento e pesar até 750 kg.