sábado, 4 de junho de 2011

Ainda estão abertas as inscrições para o Prêmio Amigos do Mar


Estão abertas, até o dia 10 de junho/2011, as inscrições para o Prêmio de Educação Ambiental Amigos do Mar, uma parceria entre o Instituto Arcor Brasil e o Projeto Tamar/ICMBio.
Podem participar alunos de segundo ao quinto ano do ensino fundamental de escolas municipais credenciadas. Em duplas, os estudantes são estimulados a fazer um desenho livre sobre o tema Nossas Águas Sempre Limpas, com base no que aprenderam em aulas temáticas oferecidas no guia sobre o tema. 
No site www.amigosdomarnaescola.com.br/credenciadas, as escolas podem acessar este guia e o regulamento completo do concurso, que premia 10 escolas públicas entre as que se candidatarem. 
Desde 2003 o Programa Amigos do Mar já atingiu mais de dois milhões de alunos de mais de oito mil escolas públicas e privadas de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, lagos, Baía, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Tamar leva ao Chile sua experiência de 30 anos de atividade

O Projeto Tamar, representado pelo oceanógrafo Fernando Niemeyer Fiedler, do Programa Interação Tartarugas Marinhas e Pesca, apresentou em maio, no Chille, sua experiência de 30 anos no desenvolvimento de ações voltadas à conservação marinha, ao desenvolvimento e inserção comunitária e à interação com pesca.

Fiedler fez palestra durante reunião realizada dia 9, por iniciativa da ong Pacífico Laúd e do Centro de Investigación e Desarrollo de Profesionales Marinos Pacífico – Promar Pacífico Ltda. Em seguida, o oceanógrafo visitou algumas comunidades pesqueiras e barcos de pesca industrial da região de Valparaíso e Viña del Mar (área central do Chile), onde há uma atividade bastante intensa.
O encontro reuniu setores do governo, pesquisa-dores, ong’s e pescadores artesanais na vila de Chipana, região norte do Chile. O objetivo foi fortalecer o trabalho de informação e conscienti-zação que vem sendo realizado nessa região, que tem histórico de conflito, principalmente com a pescaria de rede de cerco para anchoita (proibida próxima à costa), que captura incidentalmente tartarugas marinhas.
Houve reuniões para exposições de diferentes ações relacionados às tartarugas marinhas no Chile, além de apresentações sobre experiências de instituições estrangeiras. Além do representante do Tamar, também participaram como convidados internacionais Alejandro Falabrino (Proyecto Karumbé/Uruguai) e Joanna Alfaro Shigueto (Pro Delphinus/Peru).

Às Estrelas


The Most Astounding Fact
O Fato Mais Importante (Legendado)

PET



Medicamentos - Descarte Consciente


Google Street View - Dados cartográficos

A gigante de couro pode atingir dois metros de comprimento e pesar até 750 kg.