quarta-feira, 15 de agosto de 2012

China aumenta em 40% sua meta de energia solar para 2015



A queda no preço da tecnologia fotovoltaica está por trás do anúncio feito nesta semana pela Administração Nacional de Energia da China de que a meta para 2015 passou para 21GW de capacidade instalada, um salto em comparação aos 15GW prometidos anteriormente.

Esta é a segunda vez que o país aumenta sua meta, que no plano original, formulado em 2010, era de apenas 5GW.

Segundo a Administração, o objetivo vem acompanhado de novos mínimos de uso de renováveis para empresas do setor de energia, o que significa que as fontes limpas responderão por 9,5% da matriz energética chinesa em 2015.

A medida deve ajudar a fortalecer as empresas solares chinesas, que vêm atravessando um período turbulento devido a ações judiciais de outros países que as acusam de serem favorecidas com subsídios ilegais. Os Estados Unidos, por exemplo, implementaram uma taxa sobre os produtos solares chineses que pode chegar a 250%.

A China está consolidada como o maior mercado de energia renovável do planeta, com metas ambiciosas para todas as fontes. Para a eólica o objetivo é de 100GW até 2015 e para a hidrelétrica é de 290GW.

Instituto CarbonoBrasil

Um comentário:

Obrigado por participar!

Às Estrelas


The Most Astounding Fact
O Fato Mais Importante (Legendado)

PET



Medicamentos - Descarte Consciente


Google Street View - Dados cartográficos

A gigante de couro pode atingir dois metros de comprimento e pesar até 750 kg.