domingo, 4 de setembro de 2011

Pesquisadores registram reunião de mais de 400 tubarões-baleia



Um cardume de 420 tubarões-baleia avistado na península de Yucatán, no sudeste do México, é a maior concentração da espécie já registrada, de acordo com um estudo. Os tubarões-baleia são os maiores e mais pesados peixes do mundo - podem chegar a 19 m de comprimento - e geralmente viajam sozinhos em busca de plânctons e pequenas presas, com as quais se alimentam.


No entanto, um número impressionante destes animais foi visto na costa leste de Yucatán, alimentando-se de ovos recém-colocados do peixe Bonito Pintado, abundante na região. "Ver um grupo tão grande em um só lugar foi fenomenal - chegamos ao ponto em que não era possível navegar o barco pela água sem se preocupar com os peixes. Foi impressionante", disse Mike Maslanka, chefe do Departamento de Ciências da Nutrição do Instituto de Conservação Biológica Smithsonian, nos Estados Unidos, e co-autor do estudo.

Os tubarões foram capturados em imagens aéreas e se espalhavam, em elipse, por uma área de 18 km². Mergulhadores também fotografaram os animais de perto, enquanto eles se alimentavam. "Você não percebe quão grandes eles são até nadar ao lado deles", disse Maslanka. Segundo o estudo, a reunião pode mostrar uma mudança nos hábitos dos animais, que costumam aparecer em menor número ao norte da península, onde a água tem mais plâncton.


A pesquisa, divulgada na publicação científica PLoS One, reuniu organizações conservacionistas do México e dos Estados Unidos. A União Internacional pela Conservação da Natureza classificou o tubarão-baleia como espécie "vulnerável", em 2010.

Projeto Tubarão Baleia (Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar!

Às Estrelas


The Most Astounding Fact
O Fato Mais Importante (Legendado)

PET



Medicamentos - Descarte Consciente


Google Street View - Dados cartográficos

A gigante de couro pode atingir dois metros de comprimento e pesar até 750 kg.