domingo, 10 de julho de 2011


Os pinguins têm medo do escuro


Os pinguins têm medo do escuro
Os pinguins-imperador e de Adélie têm medo do escuro, por não conseguirem detectar a aproximação de predadores, como as focas-leopardo ou até mesmo as orcas. Seria por esse motivo que apenas se alimentam de dia e não se aventuram nas águas mais profundas, sugere um estudo desenvolvido por dois cientistas norte-americanos, publicado na revista Polar Biology e citado pelo portal Science.
Ao contrário do que se pensava, não é por falta de visão noturna para capturar as presas que impede as duas espécies de caçar à noite, apesar de ser o período em que as suas presas estão mais vulneráveis, mas porque têm medo de serem eles os caçados. Esta alteração do comportamento da espécie-presa em função do modo como atuam os seus predadores é um fenómeno comum, segundo os investigadores.
Durante a investigação, foram analisados 22 mil episódios de caça de pinguim de Adélie, que foram equipados com transmissores. A maioria caçou a 50-100 metros abaixo da superfície, onde a luminosidade é baixa, sendo que apenas alguns, como os pinguins-imperador, deslocam-se a profundidades que podem atingir os 500 metros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar!

Às Estrelas


The Most Astounding Fact
O Fato Mais Importante (Legendado)

PET



Medicamentos - Descarte Consciente


Google Street View - Dados cartográficos

A gigante de couro pode atingir dois metros de comprimento e pesar até 750 kg.