quinta-feira, 23 de maio de 2013

ONU proclama 2013 como o “Ano Internacional de Cooperação pela Água”



Em dezembro de 2010 a Assembléia Geral das Nações Unidas declarou o ano de 2013 como o “Ano Internacional de Cooperação pela Água”, baseado na proposta de um grupo de países liderados pelo Tajiquistão. Também foi acordado que o Dia Mundial da Água, 22 de março de 2013, seria dedicado ao tema, e que a UNESCO será a agência líder para comandar a iniciativa. Apesar de se chamar Terra, o planeta possui grandes extensões de água, entretanto apenas 2,5% dessa água são doce. E a distribuição desse recurso natural pelo planeta não é homogênea, juntos o Brasil e a América do Norte possuem 27% da água doce e representam apenas 11% da população mundial.

Demanda futura por água está sob riscoHoje, o cenário da água apresenta que 11% da população mundial ainda não possui acesso à água potável, e mais de 15% continuam vivendo sem redes de esgoto. A água é um importante elemento para o desenvolvimento sustentável e precisa ser administrada sob uma perspectiva socioeconômica para abrandar a pobreza, através da distribuição do recurso para todos com programas de saneamento básico. Segundo a Organização Mundial da Saúde 88% das mortes por diarréias no mundo são causadas pelo saneamento inadequado. Destas mortes, aproximadamente 84% são de crianças.

No Brasil, 54% da população urbana do país não estão ligados a rede de esgoto, e de acordo com a Agência Nacional de Águas apenas 6% da água brasileira está em ótimas condições e 19% receberam a classificação de regular a péssima. Água na quantidade certa e tratada de forma adequada pode melhorar a saúde da população por um custo menor do que tratar as doenças ocasionadas tanto por sua falta quanto pela falta de saneamento, além de aumentar a produtividade das plantações e preservar a biodiversidade do planeta.

A história tem mostrado com freqüência que a água é um importante incentivo para que países com as maiores rivalidades entrem em diálogo e cheguem a um consenso. A cooperação para solucionar os problemas com a água tem trazido segurança e estabilidade para os países que constituem as Nações Unidas, pois aprenderam a dividir os recursos dos rios.

A cooperação pela água age de forma multidisciplinar, englobando os aspectos culturais, educacionais, científicos, religiosos, éticos, sociais, políticos, jurídicos, institucionais e econômicos. Esse tipo de abordagem é importante para se entender quantos aspectos diferentes se encontram relacionados quando se trata de água. Além disso, para ser bem sucedida e duradoura, a cooperação pela água precisa de um entendimento comum do que sejam as necessidades e os desafios em torno da água, desde o momento em que se fecha torneira da pia do banheiro enquanto se escova o dente até promover um consumo consciente de produtos que consomem menos água para serem produzidos. O Dia 22 de março de 2013 será um momento de reflexão para a construção de um consenso sobre as respostas adequadas a estas questões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar!

Às Estrelas


The Most Astounding Fact
O Fato Mais Importante (Legendado)

PET



Medicamentos - Descarte Consciente


Google Street View - Dados cartográficos

A gigante de couro pode atingir dois metros de comprimento e pesar até 750 kg.