domingo, 1 de julho de 2012

Castanha-do-brasil para reflorestamento e recuperação de áreas alteradas na Amazônia


mudas de castanheira




A castanheira, uma das árvores mais altas da floresta Amazônica, é de múltiplo uso, bastante valorizada pela madeira de boa qualidade e por oferecer um produto para alimentação de alto valor nutricional: a castanha-do-Brasil.

Embora a castanheira seja tradicionalmente explorada a partir do extrativismo, essa árvore se mostra como uma ótima alternativa para cultivo em áreas que foram alteradas pela agricultura e pecuária ou em áreas de capoeira, como forma de conciliar o reflorestamento de áreas degradadas, serviços ambientais e geração de renda.

O programai mostra boas práticas para a produção de castanha-do-Brasil em uma fazenda no Amazonas onde foram recuperadas áreas alteradas com o plantio de mais de um milhão e duzentas mil castanheiras.

Nesse local, a Embrapa Amazônia Ocidental realiza pesquisas sobre a produção de frutos, manejo da madeira e serviços ambientais.

O Dia de Campo na TV sobre “Castanha-do-Brasil para reflorestamento e recuperação de áreas alteradas na Amazônia” foi uma produção da Embrapa Amazônia Ocidental (Manaus/AM) e Embrapa Informação Tecnológica (Brasília/DF), unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Fonte: Embrapa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar!

Às Estrelas


The Most Astounding Fact
O Fato Mais Importante (Legendado)

PET



Medicamentos - Descarte Consciente


Google Street View - Dados cartográficos

A gigante de couro pode atingir dois metros de comprimento e pesar até 750 kg.