quinta-feira, 4 de julho de 2013

Greenpeace - Shell em direção à Rússia


Olá, Maurício,

Após uma série de perigosas e humilhantes falhas, a Shell foi forçada a deixar a região do Ártico este ano. Entretanto, a gigante anglo-holandesa tem um plano B para continuar tentando explorar petróleo: entrar no Ártico pela Rússia. É por isso que precisamos que você compartilhe esse vídeo para expor este novo e perigoso plano da Shell e para que todos saibam o que está acontecendo, antes que seja tarde demais.


Cada vez mais desesperada para explorar os recursos da região, a Shell fez uma parceria com a petrolífera russa Gazprom e com isso terá acesso às reservas do Ártico através do território russo, país onde as leis são negligenciadas e a corrupção é comum. A mais nova amiga da Shell é famosa pela catástrofe de 2011, quando uma plataforma de petróleo afundou numa tempestade e matou 53 pessoas a bordo. Essa nova parceria é a garantia de novos vazamentos em um dos mais importantes e frágeis ecossistemas do planeta.

Nós podemos impedir que isso aconteça e podemos salvar o Ártico. Ajude-nos a divulgar o vídeo e atingir a reputação da Shell porque a última coisa que a empresa quer é aparecer como um investimento de risco para seus acionistas e sócios. Assista ao vídeo, compartilhe com seus amigos e convide-os a assinar a petição que pede a criação de um santuário internacional no Ártico. Ajude-nos a parar os planos ambiciosos da Shell.


Abraços,
Renata Nitta 
Coordenadora da Campanha Clima e Energia
Greenpeace Brasil



PS: Nosso trabalho no Greenpeace apenas é possível graças ao apoio financeiro de nossos colaboradores. Não aceitamos dinheiro de partidos, governos ou empresas. Nós dependemos de pessoas compromissadas com o meio-ambiente, como você. Clique aqui e torne-se um colaborador do Greenpeace hoje mesmo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar!

Às Estrelas


The Most Astounding Fact
O Fato Mais Importante (Legendado)

PET



Medicamentos - Descarte Consciente


Google Street View - Dados cartográficos

A gigante de couro pode atingir dois metros de comprimento e pesar até 750 kg.