sábado, 9 de fevereiro de 2013

Greenpeace - Ártico desprotegido

Ajude a proteger um dos ecossistemas mais importantes do mundo pelo bem das próximas gerações.
 
Olá Maurício

O Greenpeace teve acesso ao plano de resposta para vazamentos de petróleo do Conselho do Ártico. O acordo que seria responsável por estabelecer sanções para os países e proteger o frágil ecossistema do Ártico é muito vago e não estabelece penalidades efetivas em caso de acidentes na região.

O Ártico, lar dos ursos polares, das focas, raposas e de outras espécies, está desprotegido e vem sendo ameaçado por empresas gananciosas que querem explorar petróleo, inclusive, sob o gelo. Conter um vazamento no Polo Norte é uma tarefa quase impossível devido às condições locais extremas e resultaria em danos irreparáveis.

Divulgue a campanha

Você pode nos ajudar a pressionar empresas e países para interromperem a destruição no extremo norte do planeta. Junte-se a quase 2,5 milhões de pessoasque decidiram proteger o Ártico, compartilhe a petição que pede a criação de um santuário internacional na região.

 
Fabiana Alves Fabiana Alves,
da Campanha de Clima e Energia do Greenpeace Brasil
Ajude o Greenpeace a proteger o planeta
» Encaminhe esse e-mail para um(a) amigo(a)
Você também pode se juntar ao Greenpeace tornando-se um colaborador. Seu apoio é fundamental para continuarmos trabalhando de forma independente pelo meio ambiente.

Junte-se a nós

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar!

Às Estrelas


The Most Astounding Fact
O Fato Mais Importante (Legendado)

PET



Medicamentos - Descarte Consciente


Google Street View - Dados cartográficos

A gigante de couro pode atingir dois metros de comprimento e pesar até 750 kg.