sábado, 19 de novembro de 2011

Associação Mico-leão-dourado, verdadeira história de sucesso para a fauna brasileira


Mico-Leão-Dourado com um filhote

No trabalho de formação de alunos e professores para preservação da espécie, a Entidade atua nos municípios de Silva Jardim e Rio Bonito, no estado do Rio de Janeiro

 Criada em 1992 com a missão de conservar a biodiversidade da Mata Atlântica, com ênfase na proteção do mico-leão-dourado em seu habitat natural, a Associação Mico-leão-dourado Dourado – AMLD – reúne pesquisadores, cientistas, técnicos, educadores, gestores públicos, conservacionistas e as comunidades locais que, num esforço conjunto, trabalham para compreender a biologia destes animais e a ecologia de seu habitat. Está presente nos municípios da área de ocorrência da espécie no Estado do Rio de Janeiro e trabalha com um programa de formação continuada que apresenta resultados efetivos na área da educação ambiental.

logo
O trabalho da Associação Mico-leão-dourado consiste em treinamento profissional (estágios e oportunidades), divulgação de informações, envolvimento do público, manejamento de espécies e habitat e, por fim, integrando outros projetos com um único objetivo.

Vencedor do Prêmio Ford 2010 na categoria Ciência e Formação de Recursos Humanos, a instituição não para de crescer e seus números são impressionantes, a equipe de Educação Ambiental da AMLD, no Programa Redescobrindo a Mata Atlântica: em três edições ele já envolveu mais de 50 professores e 1.500 estudantes dos municípios de Silva Jardim e Rio Bonito, que realizaram mais de 300 projetos em diversas disciplinas, incluindo a criação de materiais educativos e a promoção de seminários com a participação de 385 educadores da região.

Mico-Leão-Dourado 

“A premiação foi decorrente dos trabalhos que já fizemos com essas três turmas”, diz Nandia de Magalhães Xavier Menezes, coordenadora de Educação Ambiental. “Tivemos reconhecimento com a vitória do Prêmio Ford, da equipe de educação ambiental, os professores, as prefeituras e os demais parceiros, nos ajudaram na divulgação dessa conquista e, com isso, tivemos um maior número de inscrições para a quarta edição que já está sendo formada”, conclui a coordenadora. No último sábado, dia 29 de outubro, foi a finalização da quarta edição formando 22 professores do município de Silva Jardim – RJ.

O 3º Seminário de Educação Ambiental acontecerá no dia 09 de dezembro de 2011 em Silva Jardim,contará com a participação de 200 educadores da região bacia do rio São João, área de ocorrência de mico-leão-dourado abrange oito municípios da baixada litorânea fluminense (Rio Bonito, Silva Jardim, Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Araruama, Cabo Frio, Saquarema e Armação de Búzios).

“Muito dessa conquista tem a devida considerações pelo desempenho da equipe de educadores ambientais que passaram pela AMLD e os que fazem parte da equipe atual como a Aline Lopes, Ruan Azevedo, Geise Antunes e Lohan Galvão, com o foco na Patrícia Mie Matsuo, coordenadora até 2010, atualmente conselheira da AMLD e Lou Ann Dietz, sócia fundadora e conselheira da AMLD.”

Mico-Leão-Dourado


Fernanda Spagnuolo
Associate – Equipe Ford
Burson-Marsteller Brasil
+55 11 3094-2243 / 6415-6626

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar!

Às Estrelas


The Most Astounding Fact
O Fato Mais Importante (Legendado)

PET



Medicamentos - Descarte Consciente


Google Street View - Dados cartográficos

A gigante de couro pode atingir dois metros de comprimento e pesar até 750 kg.