terça-feira, 28 de junho de 2011

National Geographic apresenta “As Fotos Mais Incríveis” a partir de Julho




O National Geographic Channel vai dar a oportunidade aos seus telespectadores, ao longo do mês de Julho, de conhecer e acompanhar o trabalho dos melhores fotógrafos do mundo, que desafiam os seus próprios limites para conseguirem captar as imagens impressionantes que enchem as páginas da revista National Geographic. 
No dia 8 de Julho, às 19h42, estreia o primeiro episódio da série, seguido por “As Fotos Mais Incríveis 2: Rio de Janeiro  Descoberto”, às 20h40. David Alarn Harvey foi para o terreno ver como esta cidade brasileira se prepara para a chegada de pessoas de todo o mundo e como reinventar-se ao longo do processo. 
No mesmo dia, mas às 21h10, a série apresenta “Um Mundo em Vias de Extinção”, que mostra Steve McCurry, em serviço no Bombaim, na Índia, e depois rumo a aldeias rurais do Rajastão. 
Já a 15 de Julho, às 20h40, será a vez de “Debaixo de Paris”, onde há um mundo de mistério e escuridão. Stephen Alvarez, conhecido pelas suas fotografias de grutas, é o anfitrião deste capítulo, seguido, às 21h10, de “Elefantes Órfãos”. Nick Nichols, que fotografa elefantes há mais de 20 anos, vai capturar os animais imediatamente após os seus pais terem sido mortos por caçadores furtivos. 
“Paisagens de Montanha” será o tema da edição de 22 de Julho de “As Fotos Mais Incríveis”. Bill Allard, um apaixonado pelo oeste americano, segue o caminho da linha ferroviária Hi-Line, que percorre milhares de quilómetros no norte do estado de Montana. 
A 29 de Julho, às 20h40, o National Geographic Channel exibirá “Duelos de Titãs”, com as imprevisíveis e perigosas morsas do Ártico. No mesmo dia, mas às 21h10, a série termina com “Imagens de Tigres”. Steve Winter viaja até à Índia para capturar os tigres de Bengala de uma forma completamente inovadora graças a umas lentes especiais e a uma grande variedade de dispositivos de alta tecnologia.

 
Orelhas para cima é a primeira resposta a um barulho de perigo. A matriarca do pequeno grupo de elefantes emite um sinal para proteger uma jovem fêmea e seu filhote. Embora muitas vezes fêmeas protejam elefantes mais jovens, este tipo de tutela é extremamente raro em Dzanga Bai, uma reserva na República Centro Africana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar!

Às Estrelas


The Most Astounding Fact
O Fato Mais Importante (Legendado)

PET



Medicamentos - Descarte Consciente


Google Street View - Dados cartográficos

A gigante de couro pode atingir dois metros de comprimento e pesar até 750 kg.