terça-feira, 10 de maio de 2011

Movimento Xingu Vivo divulga vídeo desmentindo propaganda de Belo Monte


Nas palavras de Eduardo Viveiro de Castro "cuidado com o que você faz, porque, quando corta uma árvore ou mata um bicho, você não está simplesmente movendo partículas de matéria de um lado para o outro, você está tratando com gente que tem memória, se vinga, contra-ataca, e assim por diante. [para o pensamento indígena] Como tudo é humano, tudo tem ouvidos, todas as suas ações têm consequências."
O Movimento Xingu Vivo para Sempre divulgou nesta segunda-feira (2) um vídeo desmentindo as informações da empresa Norte Energia, responsável pela construção da usina hidrelétrica de Belo Monte. A peça publicitária da empresa, de 15 segundo, está sendo divulgada em treze aeroportos brasileiros e afirma que "nenhuma terra indígena será alagada" com a construção da usina.
Na versão realizada pelo Movimento, eles afirmam que "o que a Norte Energia não quer que você saiba é que se for construída a hidrelétrica vai secar 100 km do rio, acabando com a vida do Xingu. Inclusive dos índios".
O Movimento também ressaltou, em seu site, a falta de infraestrutura no local, que deveria ser resolvida com o cumprimento das condicionantes impostas pelo Ibama. "Quem for a Altamira, no Pará, verá que não há hospitais, saneamento, segurança, nada. Quem espera luz no fim dos canais de Belo Monte, esperará no escuro, porque luz é que os 4 mil mw de energia média da usina não vão gerar".



Compare com o vídeo produzido pelo consórcio:



Fonte: Movimento Xingu Vivo para Sempre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar!

Às Estrelas


The Most Astounding Fact
O Fato Mais Importante (Legendado)

PET



Medicamentos - Descarte Consciente


Google Street View - Dados cartográficos

A gigante de couro pode atingir dois metros de comprimento e pesar até 750 kg.