sexta-feira, 22 de abril de 2011

Ban afirmou que as cidades precisam adotar uma transição para a economia verde

Ban defende economia verde para combater malefícios da urbanização



 ban defendeu o desenvolvimento sustent�el das cidades

O desafio coletivo atual é incentivar o desenvolvimento urbano sustentável e a transição para uma economia verde. A afirmação foi feita pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, durante a abertura da 23ª sessão do Conselho de Administração do Programa das Nações Unidas para Assentamentos (ONU-Habitat), situada em Nairóbi (Quênia).

Segundo Ban, a era urbana na qual o mundo está entrando tem muitas incógnitas, mas algumas certezas, como os perigos associados às mudanças climáticas. ”As discussões são oportunidades importantes para garantir que a agenda do desenvolvimento urbano se reflita na próxima Conferência sobre o Desenvolvimento Sustentável, a Rio +20″, observou o secretário-geral da ONU.

O encontro realizado no Quênia, intitulado Desenvolvimento urbano sustentável através da expansão do acesso equitativo à terra, habitação, serviços básicos e infraestrutura, debate novas formas de lidar com a rápida urbanização das cidades de todo o mundo.

O evento foi aberto pelo presidente queniano, Mwai Kibaki, que alertou que as altas taxas de urbanização trazem pobreza urbana, desemprego, transporte inadequado, proliferação de assentamentos precários e favelas. “Estamos enfrentando a realidade na qual a maioria das pessoas vive em áreas urbanas. A previsão é de que até 2020 a população urbana global atingirá 4,2 bilhões e atingirá 70% em 2050″, acrescentou. Segundo ele, não há maneira de evitar o processo de urbanização e todas as partes devem assumir suas responsabilidades e enfrentar os desafios.

Em seu discurso, o diretor executivo da ONU-Habitat, Joan Clos, ponderou que apesar de as cidades estarem enfrentando muitos desafios, estes podem ser alcançados se o planejamento urbano for pensado cuidadosamente. “Nos últimos 20 anos a cidade tem sido vista como um espaço de problemas, o pessimismo nos levou a falta de ação. No entanto, se olharmos para a história vemos que a cidade tem sido um lugar de crescimento econômico e pessoal”. Ele pediu aos planejadores que parassem de falar em crise nas cidades e estivessem mais otimistas sobre o futuro das mesmas. ”Um lugar para começar é a rua. Se bem projetadas podem trazer benefícios para outras partes da cidade.”

O Conselho de Administração é um órgão subsidiário da Assembleia Geral das Nações Unidas e serve como um organismo intergovernamental das decisões da ONU-Habitat. Ele envia relatórios à Assembleia Geral, por intermédio do Conselho Econômico e Social (Ecosoc) da ONU.

Redação EcoD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar!

Às Estrelas


The Most Astounding Fact
O Fato Mais Importante (Legendado)

PET



Medicamentos - Descarte Consciente


Google Street View - Dados cartográficos

A gigante de couro pode atingir dois metros de comprimento e pesar até 750 kg.